Nem chuva atrapalha o primeiro dia do Roland Garros Amateur

Nem chuva atrapalha o primeiro dia do Roland Garros Amateur

A sexta-feira marca o segundo dia do Roland-Garros Amateur Series by Peugeot, que está sendo disputado nas quadras de saibro do Minas Náutico e Minas Country. E no segundo dia do evento, com jogos que começam às 8h, serão disputadas as primeiras finais de torneios femininos, cujas finais estão marcadas para o sábado. A entrada é franca.

Ontem, no primeiro dia, muita apreensão, por causa da chuva. No entanto, a organização do torneio agiu rápido e apenas alguns jogos tiveram o seu horário de início prorrogado. Segundo um dos organizadores do evento, Sérgio Oprea, o local escolhido para os jogos não poderia ser melhor. “A drenagem das quadras é perfeita. Além do mais, no Minas Náutico, existem quadras cobertas.” Mesmo com o imprevisto, os jogos se encerram perto de 22 horas, desta quinta-feira.

A etapa de Belo Horizonte é a segunda de uma série de quatro, sendo que as três primeiras são classificatórias, a primeira foi em Brasília, e a terceira será em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. Em março do ano que vem, no Rio de Janeiro, será disputado o Master, que classificará para o Grand Slam francês. O torneio na capital mineira soma pontos para o Circuito de Classes da Confederação Brasileira

de Tênis (CBT), promovido em parceria com a Federação Francesa de Tênis e que sorteará uma viagem para Roland Garros com as despesas totalmente pagas durante uma semana entre os campeões gerais de cada categoria – após as três etapas e o Masters.

A competição, nas duas unidades do Minas registraram um recorde de participantes no evento, um total de 242 tenistas, representando 10 estados: Acre, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

Ao todo, são 20 categorias em disputa: da 1ª a 6ª classe no masculino, acima e abaixo de 34 anos; da 1ª a 5ª classe no feminino, abaixo de 34 anos; e da 3ª a 5ª classe no feminino, acima de 34 anos.

François Rahme, presidente da Federação Mineira de Tênis (FMT), festeja o número de inscrições. “Nós atingimos a marca de 242 inscritos, bem acima do que esperávamos. Isso mostra que Minas Gerais está muito engajada no tênis. A tendência é esse número crescer ainda mais nos próximos anos. Esperamos ter uma organização a altura para suprir as expectativas do público mineiro. A expectativa é muito positiva.”

Adicionar comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *